Suijin no Hanayome

março 31, 2017

Suijin no Hanayome

  • Suijin no Hanayome, Suijin no Ikenie, The Water Dragon's Bride, 水神の生贄, 水神的祭品, 수신의 제물: 5 volumes (em andamento)
  • Mangaká: TOMA Rei
  • Gostou do mangá?
  • Gênero: romance, shoujo, sobrenatural, histórico, fantasia.
  • Descrição: "Asahi é uma menina que parece com uma linda boneca, quando estava perto de um pequeno lago em seu quintal ela é arrastada para uma outra era ... onde a sua vida muda completamente. Lá ela conhece um garoto que a leva para sua aldeia onde as pessoas adoram o misterioso Deus da Água. No entanto, Asahi é oferecida como noiva (sacrifício) ao Deus da Água... O que espera por ela em um mundo desconhecido?"

Eu tinha certeza absoluta que já tinha feito a resenha desse mangá, mas quando vim procurar aqui no blog, percebi que só tinha a resenha na minha cabeça. Ok, então vamos lá!

Essa é a história de uma pequena garota, Asahi, que vai para uma espécie de Japão antigo onde as pessoas adoram o misterioso Deus da água.  Nesse Japão antigo, Asahi é sacrificada para o Deus da água e assim ela se torna, ainda criança, a esposa de um Deus frio e mal.

É claro que ela conhece o garoto Subaru de quem se tornou muito amiga e depois do sacrifício e de um par de acontecimentos, Asahi voltar a viver nesse tal Japão antigo só que sem voz. O Deus da água retirou-lhe a voz por achar interessante. A protagonista cresce e se torna uma mulher na idade para se casar. E é quando o Deus da água vem buscá-la como havia prometido.

No começo Asahi (e eu também) odiava o Deus da água, mas com passar do mangá ela aprende a lidar com esse moço sem coração e deixa de odiá-lo (já eu quero arrebentar a cara dele). Algumas vezes podemos até ver "sentimentos" do Deus da água...mas nada que seja de se animar.

Muitas pessoas me indicaram esse mangá e me disseram que era ótimo, mas eu sinceramente não gostei de Suijin no Hanayome. O Deus da água é sinistro e faz coisas de partir o coração por pura diversão ou curiosidade, ele muitas vezes chega ser cruel com a protagonista e outros personagens.

Não é que eu quisesse que ele se casasse com uma pirralha e já caísse de amor por ela, isso seria bem idiota. Contudo, a forma com que ele a pune quando retira sua voz e quando coloca vários obstáculos em seu caminho... isso me deixou bem irritada e eu perdi a vontade de ler o mangá. Sinceramente eu esperava mais. Mas talvez no desenvolver da história o mangá fique mais interessante. Quem sabe não é?! E por isso deixo os links aqui caso você queira ler.

Você pode gostar também

0 comentários