Tsubaki-chou Lonely Planet: isso vai dar certo?

10/14/2016


Essa semana, na verdade semana passada, terminei de ler o volume 3 de Tsubaki-chou Lonely Planet. Para quem ainda não viu eu fiz um review de Tsubaki-chou Lonely Planet  o ano passado quando ele começou a ser publicado. Pouca coisa mudou desde o primeiro volume, mas de alguma forma foi um grande passo, para Fumi e o Kibino-sensei.

*Spoilers* Primeiramente Fumi, descobre entre o o volume 2 e 3 que ama Kibino, isso acontece graças a uma mulher que está dando em cima de Kibino e intimida Fumi por ela ser, talvez, uma rival. A mulher é bem irritante com Fumi, mas ela se deu mal e eu já conto porquê. A protagonistas nesses 3 volumes conquistou amigos por ser essa menina esforçada que não fica chorando por pior que sejam seus problemas. Ela nem reclama, o que mais uma vez a faz madura de mais para sua idade.

Agora também sabemos mais sobre Kibino-sensei. Ele é um cara que se preocupa apenas com trabalho, não mostrou direito mas parece que ele, assim como Fumi, sente falta de ter uma família por perto e o mais revelador: Kibino não sabe lidar com mulheres. Ele é completamente frio e cretino com elas, sem ao menos perceber que está sendo. Todas suas namoradas terminam com ele reclamando como ele era frio com elas. E é assim que ele dá um fora na mulher que estava afim dele e maltratando Fumi. Ele diz a ela que não está interessado nela. Só que está mulher faz com que ele comece a pensar no que ele sente por Fumi.


Fumi já está bem consciente do sensei e sobre os seus sentimentos por ele. Tanto é assim que ela pela primeira vez no mangá chora e pede ajuda para Kibino porque ela tem um pesado fardo chamado vida e ela não sabe o que fazer. A primeira reação de Kibino é tentar consolá-la mas ele não o faz. Só que no dia seguinte em quanto Fumi se desculpa ele a abraça e a conforta. O que não é algo que Kibino chegou a fazer com nenhuma de suas namoradas -como elas se declaravam ele não sentia a necessidade nem de segurar a mão delas, quanto mais abraçar ou ser carinhoso com elas- está claro que Fumi é especial, mesmo que ele a trate por "criança", os fatos descritos acima fazem com que ele pare para pensar no que está acontecendo.

Só digo que estou esperando muito para poder ler o volume 4! Venha fim de semana!

Você pode gostar também

0 comentários