Skip Beat!

8/09/2015


Skip Beat!, スキップ・ビート!: 37 volumes
Mangaká: Nakamura Yoshiki
Like: ★ ★ ★ ★ ★ ★ ★ (7/10)
Gênero: comédia, drama, romance, shoujo
Descrição:”Skip Beat conta a história de Kyoko que foi usada e jogada fora pelo seu amor de infância Shotaru. Ele a retirou de sua casa, na verdade convidou sabendo que ela nunca negaria, para ir com ele para a capital e assim ele poderia se tornar uma estrela musical. Depois que ele conseguiu um pouco de fama ele largou de modo cruel nossa Kyoko sozinha nessa grande cidade. Mas...O que não te mata te fortalece! O que você faria se descobrisse que a pessoa para a qual você dedicou toda a sua vida estava usando você? A nossa protagonista sentiu na pele essa dor. Ela teve duas opções: aceitar ou ter sua vingança! Qual das opções você acha que ela escolheu?”
Imagina um mangá que nunca acaba. Skip beat é nesse estilo, tem uma história muito boa, mas você vai ter que ter uma puta paciência para ler nada mais, nada menos, do que 224 capítulos que a autora continua a escrever. Esse é a história de Kyoko que saiu da sua terra natal com seu namorado, Shotaru, que depois de conseguir tudo o que queria com ela apenas a descartou como se ela fosse um objeto. Kyoko fica puta da vida e arquiteta uma vingança. Muda radicalmente de aparência e tentar entrar para o mundo da fama, para se vingar de Shotaru que é uma estrela do cenário musical.
Eu gostei muito do esqueleto da história. Queria ver Kyoko fincar um salto agulha no pescoço do Shotaru além dela ficar com o bonitão do Ren. Só que até acontecer o primeiro beijo desse mangá, isso custou mais de 100 capítulos. Na boa, achei que ia morrer sem ver isso. Apesar da temática adulta Skip Beat passa longe de ser um josei. Dificilmente acontecerá algo mais profundo que um beijo. É um ótimo mangá. Mas que na minha opinião peca pela “encheção de linguiça”.
Links aqui nos comentários.

Skip Beat em português: Portal skip beat ou Baka Suki fansub ou online
Skip Beat em espanhol: Skip Beat En-Espa
Skip Beat em inglês: Imperial Scans ou online

Você pode gostar também

0 comentários